google

Carregando...

quinta-feira, 18 de abril de 2013

Atuações do São Paulo: Osvaldo e Ganso garantem vitória contra o Galo

Triunfo contra o Atlético-MG garante o Tricolor nas oitavas da Libertadores

ROGÉRIO CENI - goleiro Não foi exigido durante a partida. Precisou fazer apenas uma defesa, nos pés do atacante atleticano, aos 43 minutos do segundo tempo. Dúvida durante a semana por causa de uma lesão no pé, o goleiro artilheiro marcou o gol de pênalti do São Paulo. Nota: 7,5
PAULO MIRANDA - lateral-direito
Anulou as jogadas de ataque de Luan no primeiro tempo, manteve-se bem na marcação, mas chegou pouco ao ataque. Nota: 6,5
RAFAEL TOLOI - zagueiro
Com muita raça e disposição, cobrou seriedade dos companheiros e, ao lado de Lúcio, anulou o ataque atleticano. Nota 7
LÚCIO - zagueiro
Sério, não perdeu uma jogada por cima e orientou os companheiros de defesa. Ao lado de Rafael Toloi, passou segurança ao sistema defensivo. Nota: 7
THIAGO CARLETO - lateral-esquerdo
Bem na marcação, evitou as subidas de Marcos Rocha pelo lado direito do ataque atleticano, mas errou muitas cobranças de faltas e escanteios. Como batedor oficial, precisa melhorar o aproveitamento. Nota: 6,5
WELLINGTON - volante
Sobrou disposição e ajudou a anular as principais jogadas de ataque do Atlético. Fez bons desarmes, mas errou alguns passes quando foi ao ataque. Nota: 7
DENILSON - volante
Forte na marcação, seguiu de perto as ações do meia Ronaldinho, que pouco produziu para o Atlético Mineiro. Arriscou um chute de fora da área que passou rente à trave Nota: 6,5
DOUGLAS - meia
Ainda não se encontrou no esquema tático do técnico Ney Franco. Procurou auxiliar na marcação, mas ainda compromete no setor ofensivo. Arriscou alguns chutes a gol, de longe, sem levar perigo ao goleiro Vitor. Nota: 5,5
PAULO HENRIQUE GANSO - meia
Apagado em alguns momentos da partida, marcado de perto pelo volante Pierre, acertou um belo passe para Osvaldo, no lance do segundo gol. Em evolução, e teve o nome gritado pela torcida. Nota: 8
OSVALDO - atacante
Usou a velocidade, chegou com perigo ao ataque, mas poderia finalizar mais. Acertou em dois lances capitais, que originaram os gols do São Paulo. Nota: 8
ALOÍSIO - atacante
Quando não deu na técnica, foi na raça. Procurou o jogo enquanto esteve em campo e deu opção no ataque são-paulino, incomodando a defesa atleticana. Fez a jogada que originou o pênalti para o São Paulo. Nota: 7,5
ADEMILSON - atacante
Apesar de ficar poucos minutos em campo, marcou o segundo gol são-paulino. Pediu para ser substituído após sofrer falta dura. Nota: 6,5
RODRIGO CAIO - volante
pouco tempo em campo. Sem nota
FABRÍCIO - volante
Entrou no fim para ganhar tempo. Sem nota

Rogério Ceni brilha, adia 'despedida' e afirma que sacrifício valeu a pena

Goleiro fala sobre o esforço que fez para tratar a lesão no tornozelo e diz que pensou que poderia ter sido o seu último jogo na Taça Libertadores     

Nenhum jogador do São Paulo comemorou tanto a classificação às oitavas de final da Taça Libertadores quanto o goleiro e capitão Rogério Ceni. Aos 40 anos e em sua última temporada, o camisa 1 sofria com a possibilidade de se despedir antecipadamente da Taça Libertadores. E foi dele o gol de pênalti que abriu caminho para a vitória por 2 a 0, resultado que garantiu o Tricolor no mata-mata, quando reencontrará o próprio Atlético-MG


Sem dúvida, passou pela minha cabeça que poderia ser o último jogo de Libertadores. Passou um filme de tudo que já vivi. Esse é o último ano da minha carreira e não gostaria de sair hoje, acho que tinha algo a mais para dar. Tenho de agradecer ao torcedor, foram 50 mil torcedores que abraçaram o clube da fé, o clube que faz a moeda cair de pé - afirmou o jogador.
Apesar de tudo que já conquistou na carreira, Rogério Ceni disse que rezou antes de efetuar a cobrança do pênalti sofrido por Aloísio.
- Pedi a Deus que me desse calma e tranquilidade para executar a cobrança. Antes da partida, falei para o Denis que a bola do jogo iria sobrar no meu pé. Ainda estou com muita dor (no tornozelo), tratei todos os dias até a meia-noite. Quando se ganha como hoje, mostra que o sacrifício vale - ressaltou.
Para o duelo das oitavas de final, o capitão são-paulino vê o Galo à frente.
- Me rendo e digo que tecnicamente o time do Atlético tem mais qualidade. Mas hoje tivemos alma - finalizou.

                     Nenhum jogador do São Paulo comemorou tanto a classificação às oitavas de final da Taça Libertadores quanto o goleiro e capitão Rogério Ceni. Aos 40 anos e em sua última temporada, o camisa 1 sofria com a possibilidade de se despedir antecipadamente da Taça Libertadores. E foi dele o gol de pênalti que abriu caminho para a vitória por 2 a 0, resultado que garantiu o Tricolor no mata-mata, quando reencontrará o próprio Atlético-MG.

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Lúcio acerta por dois anos e é oficializado como reforço são-paulino

Zagueiro, que estava na Juventus (ITA), foi ao CT da Barra Funda na tarde desta terça


O zagueiro Lúcio, campeão mundial com a Seleção Brasileira em 2002, é o novo reforço do São Paulo. O jogador de 34 anos, que rescindiu contrato com a Juventus no domingo, acertou-se com o clube paulista nesta terça-feira.

Sua primeira e última passagem profissional pelo futebol brasileiro havia sido no Internacional, clube em que foi revelado e o qual defendeu até 2000, antes de se transferir para o Bayer Leverkusen. Antes da Juventus, jogou também por Bayern de Munique e Inter de Milão.

Contratado por duas temporadas, o defensor será apresentado ao meio-dia desta quarta-feira, no salão nobre do Morumbi.

"Um jogador com essa qualidade e perfil certamente vai qualificar ainda mais o nosso elenco para a disputa das importantes competições internacionais que teremos na próxima temporada", comemorou o vice presidente de futebol, João Paulo de Jesus Lopes.

"É um sonho antigo do São Paulo. Em julho, chegamos muito perto de contratá-lo, mas acabou não sendo possível. Felizmente desta vez deu tudo certo, e ele chega para agregar muita qualidade, experiência e liderança ao nosso grupo", acrescentou o diretor de futebol, Adalberto Baptista, responsável direto pelas contratações do clube.

Lúcio era disputado por outros times brasileiros, dentre eles Cruzeiro e Botafogo, mas pesou a vontade do jogador de disputar a Copa Libertadores. Quarto colocado no Campeonato Brasileiro, o time paulista se classificou para a fase preliminar do torneio sul-americano, que começa em janeiro.

Esse é, a propósito, um dos poucos títulos que o beque não tem no currículo. Além da Copa do Mundo com a Seleção, também foi quatro vezes campeão alemão, campeão italiano, da Champions League e do Mundial de Clubes, além de outras competições menores, como duas Copas da Alemanha e duas Copas da Itália.

Trata-se do quarto nome novo para a próxima temporada. Antes dele, a diretoria acertou com o atacante Aloísio, que se destacou pelo Figueirense, o meia-atacante Negueba, vindo do Flamengo por compensação na negociação envolvendo a ida de Cleber Santana para a equipe carioca, e o lateral esquerdo Thiago Carleto, que retorna de empréstimo ao Fluminense


 

domingo, 16 de dezembro de 2012

Na mira do São Paulo, Lúcio devolve carro à Juventus e deixa o clube

Notícia foi veiculada pela imprensa italiana. Zagueiro tem conversas avançadas para reforçar o Tricolor em 2013, que quer jogadores mais experientes para a Libertadores


Lúcio não está mais treinando na Juventus (ITA), devolveu seu carro ao clube e está pronto para voltar ao Brasil. Essa é a informação divulgada pelo jornal italiano La Stampa. O zagueiro tem conversas avançadas com o Tricolor e deve ser o grande reforço para a defesa da equipe na próxima temporada.

A diretoria são-paulina quer reforçar o setor para a disputa da Copa Libertadores. A experiência do defensor de 34 anos, pentacampeão do mundo com a Seleção Brasileira em 2002, é vista como importante para o equílibrio do time.

Com poucas chances na equipe italiana, Lúcio está insatisfeito e deseja retornar ao Brasil. Ele já tem um acordo com a diretoria da Juventus para ser liberado.

Na Itália, é dado como certo o retorno do pentacampeão ao futebol brasileiro. O Tricolor deve ser o destino e o acerto com o zagueiro pode acontecer nos próximos dia




quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

São Paulo campeão da Copa Sul-Americana

Tricolor conquista o título em final contra o Tigre, da Argentina, no Morumbi

               

A América, para variar, é mais uma vez do Tricolor!


Doente lembra que 'maior do continente está no topo de novo'

TITULO TRICOLOR E DESTAQUE EM JORNAL INGLES

Chelsea? ‘São Pow-Lo’ é o destaque em jornal inglês

                
qui, 13/12/12
por meiodecampo |
categoria Futebol Internacional, São paulo

O Chelsea está na final do Mundial de Clubes da Fifa, mas, para o jornal inglês “The Sun”, a classificação não teve muita relevância. Curiosamente, o site da publicação deu mais destaque à conquista da Copa Sul-Americana pelo São Paulo, em meio à polêmica com os jogadores do Tigre, do que ao triunfo dos Blues sobre o Monterrey nesta quinta-feira.
Na página principal de esportes do site, o maior destaque vai para o Tricolor paulista, com o título de “São POW-lo: final da Copa Sul-Americana estragada enquanto guardas armados atacam jogadores”, uma alusão à suposta ameaça com armas de fogo de seguranças do clube do Morumbi aos atletas do time argentino. Em baixo, em um espaço bem mais modesto, está a notícia do triunfo do Chelsea, em uma indicação de que o Mundial segue sem muito prestígio no Velho Continente

     Confira a imagem

 

PSG destaca atuação de Lucas na final, mas ignora brigas no Morumbi

‘O brasileiro foi decisivo, marcou e deu passe para outro, sendo eleito o homem do jogo’, escreve site do clube francês

O site oficial do PSG destacou a atuação de Lucas na conquista da Copa Sul-Americana. A jovem revelação brasileira, que reforçará o time francês em janeiro, fez um gol e deu passe para outro (anotado por Osvaldo na vitória do Tricolor Paulista sobre o Tigre por 2 a 0.
O portal do clube da capital, entretanto, não fez nenhuma menção à confusão no intervalo e ao fato do jogo ter sido encerrado sem a disputa do segundo tempo.
“Lucas ganhou a Copa Sul-Americana! Em seu último jogo com o São Paulo, Lucas Moura, que irá se juntar ao Paris Saint-Germain neste inverno (na Europa), conquistou a Copa Sul-Americana, o equivalente europeu da Liga Europa, enfrentando o argentino Tigre. O brasileiro foi decisivo, marcou e deu passe para outro, sendo eleito o homem do jogo”, escreveu o site.
Lucas foi negociado pelo São Paulo com o PSG no último mês de agosto por € 43 milhões (R$ 108 milhões). O meia-atacante, entretanto, conseguiu a liberação para jogar pelo time do Morumbi até o fim deste ano.

Google Actualités

Ocorreu um erro neste gadget